Cuidados e Dicas na Manutenção de Piscinas em Condomínios

No inverno os cuidados com a manutenção também devem seguir uma rotina

Com a chegada do inverno, as piscinas (a), uma das áreas mais disputadas de um condomínio, acabam ficando para segundo plano, afinal, as pessoas já não circulam tanto nessa área, muito menos utilizam frequentemente, como nos dias mais quentes, quando o fluxo aumenta consideravelmente.

No entanto, ao contrário do que muita gente pensa, nesse período também é preciso manter uma rotina de manutenção, não apenas porque vivemos em um país tropical, com dias quentes praticamente o ano todo, como também para conservá-la para que esteja funcionando a pleno vapor, quando o calor e o sol se instalarem novamente.

Entre os cuidados básicos estão: 

  • Revisar se o filtro da bomba está funcionando corretamente;
  • Manter a água limpa e equilibrada em relação aos produtos químicos adequados (cloro, controle de Ph, alcalinidade, etc.), que varia de piscina para piscina;
  • Fazer a peneiração e aspiração para tirar a sujeira superficial como folhas, insetos, cabelos entre outros materiais comuns em piscinas, entre outras coisas.

Ah, mas então a manutenção da piscina se restringe a meia dúzia de procedimentos, de total atribuição da empresa responsável pela limpeza e manutenção da piscina?

A resposta é não. Todos os usuários são responsáveis e precisam ter consciência que a piscina é de todos, portanto todos devem cuidar de seus hábitos, para que a limpeza seja mantida.

3 hábitos dos usuários que ajudam na manutenção da limpeza de piscinas

  • Evite o uso de protetor solar, ou pelo menos tire o excesso em uma ducha, antes de usar a piscina;
  • Faça exames médicos periódicos para garantir que não tem nenhuma doença que possa passar para outros usuários;
  • Quando estiver usando a piscina e encontrar alguma sujeira superficial, retire-a.

Lembre-se que a limpeza e manutenção de uma piscina, utilizada por tantas pessoas, como no caso das piscinas de condomínios, não é só uma questão de ter um espaço agradável de lazer, mas principalmente de saúde pública.

Siga esses passos e tenha sempre uma piscina pronta e em condições favoráveis de uso, ressaltando que limpeza e manutenção devem ser feitas periodicamente, independente da época do ano.

Colocando essas dicas em prática, dificilmente será preciso fazer a troca da água da piscina, economizando tempo, dinheiro e claro, evitando desperdício e consequentemente contribuindo com a natureza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *